terça-feira, 14 de maio de 2013

Crente Chuchu?!? "Santa falta de personalidade Batman"!


Não dá pra entender sinceramente porque existem pessoas que não gostam de chuchu! Não tem como não gostar desse amado vegetal! Ele praticamente não possui sabor, é bem ínfimo, e se você misturá-lo em meio uma sopa, ele não faz diferença! No meio da carne moída, não faz diferença, no meio de uma farofa, não faz diferença, no meio de um sashimi, não faz diferença. O fruto  em questão (pode pesquisar, é fruto mesmo!) tem uma capacidade mutante de absorver o sabor do meio em que está imerso, contribuindo apenas para dar ao alimento mais “sustânça”!

Eu não gosto de chuchu!

Vivemos na chamada “era digital”, onde a garotada já nasce falando “shift” e “backspace” antes de aprender a falar “papai” e “mamãe”. Foi criada até mais uma área da vivência humana a “vida digital”, a vida nas redes socias, navegando  around the wide web interagindo com a galera por todas partes do mundo.
Através dos tradutores on-line dá até pra conversar com pessoas da índia dos Estados unidos, é da famigerada “janela 10 40”, olha só!
E quantas inspirações para aquelas musiquinhas chiclete (aquelas que grudam na sua mente sem pedir permissão) as redes sociais e a própria internet mesmo tem dado aos “cantores” hodiernos? Uma infinidade!

Eu não gosto de chuchu!

E nas redes sociais? "Bah¹", a quem estou tentando enganar com esse plural? No facebook mesmo! Existe uma velocidade ímpar de novidades, notícias (fake and no fake), piadinhas novas, hits da internet se propagando tão rápido como uma chama em rastro de polvora! Quem nunca compartilhou uma “sopa pá nois”, ou um trocadilho com o suco “Ades”, e que coisa que ficou as beiras de causar danos psicológicos graves quanto o preço do tomate? Poderia também fazer menção do “é nois que voa bruxão” e dos “# partiu-não-sei-o-que-lá” que pipocam pela grande rede. Divertido? Sim, na verdade confesso que dei umas duas ou tres gargalhadas como diriam meus alunos, com “essas paradas”, eu mesmo fiz uma crítica ao “redondinho de 9”errrr…perdão o “quadradinho de 8”  (errei a figura geométrica e la numeracion), que rendeu uma série de comentários conscientes e bem humorados.

Eu não gosto de chuchu!


Vamos ajustar o zoom da nossa lente pra uma galerinha cristã em especial. Os internautas! A palavra de Deus nos chama para ser influenciadores, embaixadores do Reino, coluna e alicerce da verdade na face da terra, luz do mundo. Mas estamos vendo a cada dia que passa um tsunami de compartilhadores de idéias de outrem, não que isso seja mal, existem mensagens de conteúdos edificantes que é mister sim que o verdadeiro cristão propague, mas muita das vezes não é assim que acontece, ao contrário, muitos se tornam compartilhadores do mundanismo, de perversões sexuais, muitos até “hashtag” compartilham bulling e produzem bullings virtuais. Domingo nos cultos a “tampa da chaleira” voa, chega em casa entra no facebook e o Dr. Jekil se transforma no Mr. Hide gospel! Testemunho insonso, sem sal, sem sabor, adere ao sabor do meio em que está mergulhado…..então apresentamos para usted uma geração chamadas de CRENTES CHUCHU! Cristão influenciados, que nadam a favor da correnteza. Esse tipo de cristão (cristão?!?), geralmente é um imã para roda de escarnecedores, sempre tá no meio das rodinhas da galera que chega a ripa no próximo! Tá no meio dos fofoqueiros, fofoca, no meio de reclamões das coisas da vida, reclama, no meio de zombadores, zomba, no meio de tristes, chora,,,,puxa vida que falta de identidade!

Creio que Deus quer usar uma geração de cristãos para seus propósitos ainda nessa terra. Mas com toda a certeza o Chuchu não! Rejeite toda falta de personalidade em sua maneira de viver, pense e logo exista (dica do Renê, nunca descarte!)! Li certa vez que peixe que é levado pela onda é peixe morto, o Senhor é Deus de vivos e não de mortos!

Dont' be a Chuchu!

Ainda não gostando de Chuchu,

pr. Walter Filho

¹ Singela homenagem aos meus amigos da região sul do pais, João Bosco, Stephan Garcia, Suzy Dias e Lisi Prestes!

Comente com o Facebook: