terça-feira, 1 de novembro de 2016

Pastor, e as "correntes abençoadoras?"

Sabe, pode até parecer um assunto ingênuo e que todos cristãos já estão cansado de saber. Porém, não consigo deixar de olhar  nenhuma questão "pastoralmente", e tenho percebido ultimamente que nem todos entendem sobre o assunto, e não sabem se é certo ou não a luz da revelação da bíblia. Certo, certo, vamos ao que interessa! O assunto de hoje são "correntes abençoadoras", já ouviu falar?

Breve definição primeiramente

As "correntes abençoadoras" são aquelas mensagens prometendo algum tipo de
benção da parte de Deus (outras "divindades" também) se tal pessoa que acabou de ler o texto, compartilhar tal prosa com, exemplo, 15 pessoas de sua lista de contato, seja nos sms dos celulares, nos contatos de redes sociais como o facebook e o whatsapp.Tais mensagens se tornaram rotineiras , e com certeza você deve receber com uma certa regularidade tal malfadada empresa. Nunca recebeu? Creia, você vai receber um dia!


As origens

Com certeza foram das "simpatias" presentes demais na cultura popular brasileira (aqui em Minas teve uma época que era uma febre, praticamente uma experiência religiosa necessária).
Pra quem não conhece "simpatias" ou "sampatias", dependendo do cidade, ou região que você mora, são "coisas" estranhas que você tem que fazer para alcançar algum tipo de benesse da parte de Deus em sua vida, ou em prol da vida de um familiar. Alguém já ouviu falar da famosa "benzição" contra a "espinhela caída"? (Não me perguntem o que é isso, até hoje me pego viajando em busca da resposta!), e da "benzição" contra o "vento virado"? Tais "benzições eram feitas por um "benzedor", uma espécie de guru, ou um pajé de aspecto regional, que criava várias situações para desfazer o "malóiado" sobre a criança ou a pessoa! Expedientes como um galho de arruda atrás da orelha podiam ser usados para desfazer os "vodús", ou um galho de alguma coisa era "batido" sobre os ombros do que está sendo benzido, as vezes colocavam crianças de ponta à cabeça e colocavam seus pés nos portais de alguma porta por três vezes...e a criatividade é bem, mas bem longa!

Alguém já tomou alguma "garrafada"? (risos), Não, não golpes de garrafa, mas um líquido na maioria das vezes da coloração marrom tamarindo, (risos), que estava em uma garrafa, confeccionada por um "benzedor", contendo uma mistura de sei lá o que, com sei lá de onde, (sempre mistério)? Sempre havia uma que resolvia vários tipos de coisa desde a "trindade das zicas": espinhela caída, vento virado e maloiádo, até coisas como: abrir porta de emprego, fazer marido/esposa voltar, ficar bonito/bonita....

Antigamente tais mensagens aconteciam na forma de bilhetes também. Isso mesmo! Uma carta era feita em nome de Deus ou alguma entidade, era colocada em baixo das portas ou lançada nas ruas para algum transeute desavisado pegar. No texto das mesmas eram colocadas promessas ou ameaças, ou um misto de promessa e ameaça, para que o destinatário "sortudo" disseminasse a mensagem para outro tanto de pessoas, correndo o risco de ser abençoado ou amaldiçoado.

Importantíssimo frisar: para um praticante de simpatia, tais expedientes jamais podem ser confundidos com macumba ou magia negra de forma alguma, é muito diferente.

"Simpatia" da era digital

Pois é! Com a evolução de tudo, pergunto a você: Porque não a simpatia evoluir para a "era digital"! Tá aí, não é que o negócio deu uma atualizada geral no sistema?
Tem havido uma profusão de mensagens com textos bem melosos falando sobre Jesus,
Bobagens, existem outras maneiras
legitmas de demonstrar seu amor
Por Jesus. Por exemplo, obedecendo
a palavra, amando ao próximo...
citando versículos da bíblia, e uns com umas histórias até interessantes, mas que no final se encerra com um dizer: "Se você não tem vergonha de Deus, prove enviando para tantas pessoas", ou "se fosse baixaria você compartilhava né, agora de Deus você não compartilha", ou até ameaças, "Olivia Newton John da Silva recebeu essa mesma mensagem e a ignorou, poucos dias depois ela sofreu um acidente de carro, agora na rua dela sempre se escuta uma voz de jovem gritando a meia noite 'quero outra chance para enviar as mensagens, quero outra chance...' ". E por aí continua.



O Maniqueismo tinha o falacioso argumento que:
"O universo compôe-se do reino das trevas e do reino da luz, e
ambos lutam pelo domínio da natureza e do próprio homem"
Existe um emaranhado de outras situações proporcionadas por essas "correntes abençoadoras", (ou "amaldiçoadoras" dependendo do caso). Aquelas famosas imagens com um "jesus" e o "diabo"com os dizeres abaixo: "Se ama o diabo olhe, se ama Jesus curta e compartilhe", que acaba se tornando uma forçosa simpatia. Tem também aquela clássica imagem de "Jesus" em uma queda de braço com o "diabo", também com ameaças abençoadoras/amaldiçoadoras se não compartilhar, que na verdade é uma ressurreição das doutrinas dos maniqueus (veremos isso em outro momento).

Ingenuidade?

Bem eu torço para ser ingenuidade mesmo! Mas é incrível quantas pessoas que afirmam ter uma fé cristã evangélica que são grandes instrumentos difundidores dessas pataquadas virtuais. Incrível, mas vira e mexe recebo tais. Um desses jovens que me mandou uma mensagem, me perguntou se eu cria nisso...bem, eu respondi a ele. 

Só que a constatação que tive é que há muitíssimo trabalho a ser feito, pois, tem muita gente com uma fé semelhante aos crentes de Hebreus 5.12,13: "De fato, embora a esta altura já devessem ser mestres, vocês precisam de alguém que lhes ensine novamente os princípios elementares da palavra de Deus. Estão precisando de leite, e não de alimento sólido!
Quem se alimenta de leite ainda é criança, e não tem experiência no ensino da justiça." e a conclusão que chego é que temos vivido uma geração de "cristãos" infantilizados. Não aquela "criança" que Jesus sugeriu como paradigma para nos sermos, mas crianças no neurônios mesmo.

Bases Bíblicas

Bases bíblicas? Tá, "ok, você venceu"! É, na verdade essa era a proposta a priori "saber se é certo ou não a luz da bíblia então vamos lá":

* O sangue de Jesus purifica pecado, não preciso de mais nada: "Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado." I João 17
* Não há mais condenação para os que estão em Cristo Jesus. Romanos 8.1
* Galatas 3.11 E é evidente que pela lei ninguém será justificado diante de Deus, porque o justo viverá pela fé. Só a fé em Jesus é suficiente e prerrogativa firme para quem deseja agradar a Deus.

Diante do exposto...

A melhor maneira de mostrar nosso amor por Jesus, é procurando andar como Ele andou, ou seja procurando conduzir nossa vida, como Jesus conduziu a Dele aqui na Terra. (I Jo 2.6) 
É impossível? Pra nos sozinhos é! Conte com o poder do Espírito Santo para capacitá-lo. Pense: Se Jesus vivesse nessa "era digital", Ele perderia seu santo tempo compartilhando essas correntes? Fala sério! O cristão verdadeiro não precisa compartilhar nada forçado, e muito menos expressar seu "amor" de maneiras que a palavra de Deus, a bíblia sagrada, não diz para expressar! Jesus deixou tudo escrito pra gente, e é suficiente!

Compartilhe esse texto com o amiguinho cristão que te enviar uma corrente. Mas em amor ok? Muitas coisas absurdas você pode ter feito no "tempo da ignorância", que deixaria essa reles "correntes abençoadoras" que te mandaram no chinelo.
O maior mandamento continua sendo o amor.
Se você não ama seu irmão, não ama a Deus.

Agora se você quer salvar sua mães, desvire já essa havaiana e compartilhe esse post com os 100 primeiros da sua lista de contatos...Brincadeira (risos), (Ps.: brincadeira até a parte da havaiana, pode compartilhar o post a vontade!)

Microscopicamente falando (João 3.30),

pr. Walter Filho

Comente com o Facebook: